Páginas

Olá! Sejam muito bem vindos! Navegue a vontade, sinta-se em casa. É um imenso prazer compartilhar preciosidades com vocês... Sei que em cada lugar que passamos levamos um pouco de algo e deixamos um pouco de nós, então podem deixar um pouco de vocês aqui...comentem!!

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Fé!

A Fé é a mais intensa ligação entre o plano espiritual e o material.

Através dela descobre-se a existência de uma força maior, capaz de levar as pessoas a realização, a criação e a superação de si mesmas.

Somente através da Fé as pessoas desabrocham, os relacionamentos tornam-se mais fortes, há mais intensidade nos sentimentos.

A Fé é diferente da esperança. Esta traz a expectativa de que em breve acontecerá algo. Da Fé não se deve esperar nada, apenas acreditar nela e na força que ela nos proporciona para podermos avançar sempre!!

snowflakes outdoors

Imagem (Pinterest)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Para hoje e sempre…Ser Feliz!

Você pode ter defeitos, viver ancioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. Só você pode evitar que ela vá a felência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você.

Little mermaid.  :)

Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.

so pretty

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

apple girl

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso mas refletir sobre as tristezas.

Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Sweet Angel

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser. É deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber um falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir “não”. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.

Slumber Party Memories!

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que habita dentro de cada um de nós.

É ter maturidade para falar “eu errei”.

É ter humildade para dizer “me perdoe”.

É ter sensibilidade para expressar “eu preciso de você”.

É ter capacidade de dizer “eu te amo”.

Very cool photo props

Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz…Que nas suas primaveras você seja amante da alegria. Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria. E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida, e descobrirá que… Ser feliz não é ter uma vida perfeita, mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância, usar as perdas para refinar a paciência, usar as falhas para esculpir a serenidade, usar a dor para lapidar o prazer, usar os obstáculos para abir as janelas da inteligência.

Jamais desista de ser feliz, pois a sua vida é um espetáculo imperdível!

~~~Tyler’s Christmas Sneak Peek – Gilbert Family Photographer~~~ » Cadwallader Photography

Imagens: (Pinterest)

domingo, 1 de setembro de 2013

A família

Family photos

Família é um prato difícil de preparar.

São muitos ingredientes.

Unir todos é um problema… Não é para qualquer um.

Os truques, os segredos, o imprevisível. Ás vezes dá até vontade de desistir, mas a vida sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite.

Família!

O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares.

Súbito, feito milagre, a família está servida.

Fulana sai a mais inteligente de todas, beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade.

Sicrano, quem diria? Solou, murchou, enderuceu antes do tempo.

Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante. Aquele, o que surpreendeu e foi morar longe.

Ela, a mais apaixonada. A outra a mais consistente…

Já estão aí? Todos? Ótimo.

Família

Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados.

Logo, logo você também estará cheirando a alho e a cebola.

Não se envergonhe de chorar, família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza.

Primeiro cuidado: Temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadesas, estas especiarias que nos parecem estranhas ao paladar, tornam a família muito mais colorida, interessante, calorosa.

Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e pronto, é um verdadeiro desastre.

Família é prato extremanente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, tudo bem medido. Uma outra coisa, é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora em que se decide meter a colher. Saber meter a colher é uma verdadeira arte.

O pior ainda é que tem gente que acredita na receita da família perfeita. Família é afinidade, e á moda da casa. E cada casa gosta de preparar a família do seu jeito.

família..

Há famílias doces, outras meio amargas, outras apimentadíssimas. Há também as que não tem gosto de nada, seria assim um tipo de família Dieta, que você suporta só para manter a linha.

Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo.

Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.

Família reunida...

Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e aprendendo o que sabe no dia a dia.

Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas.

Paase o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro.

Aproveite ao máximo. Família é prato que quando se acaba, nunca mais se repete.

(trecho do livro arroz de palma)

 

Família.

Imagens (Pinterest)

terça-feira, 13 de agosto de 2013

UBUNTU


“Um antropólogo fez uma brincadeira com crianças de uma tribo africana.
Ele colocou um cesto cheio de frutas junto a uma árvore e disse para as crianças que o primeiro que chegasse junto a árvore ganharia todas as frutas. Dado o sinal, todas as crianças saíram ao mesmo tempo e de mãos dadas!
Então sentaram-se juntas para aproveitar da recompensa. Quando o antropólogo perguntou porquê elas haviam agido dessa forma, sabendo que um entre eles poderia ter todos os frutos para si, eles responderam: Ubuntu, como um de nós pode ser feliz se todos os outros estiverem tristes?
UBUNTU na cultura Xhosa significa: “Eu sou porque nós somos”

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Promessas e penitências…

2206de1e335277db7f977a311244d3e3

Tem muita gente que vive a fazer promessas, para todo problema ou dificuldade enfrentada, para cada desejo uma coisa a ser cumprida, devolvida como forma de agradecimento, de presente…Devolvida a quem? Deus?!

Será que Deus gostaria de tais presentes?

Se conseguir o tal emprego novo ou um emprego por estar desempregado subo as escadarias da Penha e de joelhos!

Se a saúde se reestabelecer fico sem me alimentar por 5 dias!

Autoflagelação, corpo ensanguentado, dores, pesos, sacrifícios físico dos mais diversos…

Será que Deus fica mesmo contente em receber tais presentes?

Deus é sinônimo de Amor, Ternura, Caridade, Felicidade, Paz e só deseja o melhor para todos nós, como que ele desejaria ver o seu filho sofrer com penitências desses tipos?

Eu prefiro as promessas bonitas, leve e brandas, doces e alegres como Ele…

Prometo andar mais descalça e descalçar mais minha alma, deixá-la mais solta; Que contemplarei mais por do sol, presente dado por Ele; Vou ler mais algumas vezes O meu pé de laranja lima; Visitarei abrigos e darei parte do meu tempo ao idoso com um diálogo, um afago de mão, um abraço; Cultivarei um jardim em uma praça para que sintam o perfume e a beleza das flores e não deixarei de cuidar do meu jardim interior…

8d12ae0626d4d566821697e5b8b417c2

sábado, 3 de agosto de 2013

Saber…

“Há pessoas que desejam saber só por saber, e isso é curiosidade; outras, para alcançarem fama, e isso é vaidade; outras, para enriquecerem com a sua ciência, e isso é um negócio torpe; outras, para serem edificadas, e isso é prudência; outras, para edificarem os outros, e isso é caridade" (Santo Agostinho)

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

O lápis

im

"O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:
- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E por acaso,é uma história sobre mim?
A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:
- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.
O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.
- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida !
- Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há algumas qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo.

Você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade.
De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor.

O lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça.
O que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas a grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você.
Ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação".

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Avós x Netos

de2bf9fe271975602aca5fc0d6ff601d

Netos são como heranças: você os ganha sem merecer. Sem ter feito nada para isso, de repente lhe caem do céu. É, como dizem os ingleses, um ato de Deus. Sem se passarem as penas do amor, sem os compromissos do matrimônio, sem as dores da maternidade. E não se trata de um filho apenas suposto, como o filho adotado: o neto é realmente o sangue do seu sangue, filho de filho, mais filho que o filho mesmo...
Quarenta anos, quarenta e cinco... Você sente, obscuramente, nos seus ossos, que o tempo passou mais depressa do que esperava. Não lhe incomoda envelhecer, é claro. A velhice tem as suas alegrias, as suas compensações - todos dizem isso embora você, pessoalmente, ainda não as tenha descoberto - mas acredita.
Todavia, também obscuramente, também sentida nos seus ossos, às vezes lhe dá aquela nostalgia da mocidade. Não de amores nem de paixões: a doçura da meia-idade não lhe exige essas efervescências. A saudade é de alguma coisa que você tinha e lhe fugiu sutilmente junto com a mocidade. Bracinhos de criança no seu pescoço. Choro de criança. O tumulto da presença infantil ao seu redor. Meu Deus, para onde foram as suas crianças? Naqueles adultos cheios de problemas que hoje são os filhos, que têm sogro e sogra, cônjuge, emprego, apartamento a prestações, você não encontra de modo nenhum as suas crianças perdidas. São homens e mulheres - não são mais aqueles que você recorda.
E então, um belo dia, sem que lhe fosse imposta nenhuma das agonias da gestação ou do parto, o doutor lhe põe nos braços um menino. Completamente grátis - nisso é que está a maravilha. Sem dores, sem choro, aquela criancinha da sua raça, da qual você morria de saudades, símbolo ou penhor da mocidade perdida. Pois aquela criancinha, longe de ser um estranho, é um menino seu que lhe é "devolvido". E o espantoso é que todos lhe reconhecem o seu direito de o amar com extravagância; ao contrário, causaria escândalo e decepção se você não o acolhesse imediatamente com todo aquele amor recalcado que há anos se acumulava, desdenhado, no seu coração.
Sim, tenho certeza de que a vida nos dá os netos para nos compensar de todas as mutilações trazidas pela velhice. São amores novos, profundos e felizes que vêm ocupar aquele lugar vazio, nostálgico, deixado pelos arroubos juvenis. Aliás, desconfio muito de que netos são melhores que namorados, pois que as violências da mocidade produzem mais lágrimas do que enlevos. Se o Doutor Fausto fosse avó, trocaria calmamente dez Margaridas por um neto...
No entanto - no entanto! - nem tudo são flores no caminho da avó. Há, acima de tudo, o entrave maior, a grande rival: a mãe. Não importa que ela, em si, seja sua filha. Não deixa por isso de ser a mãe do garoto. Não importa que ela, hipocritamente, ensine o menino a lhe dar beijos e a lhe chamar de "vovozinha", e lhe conte que de noite, às vezes, ele de repente acorda e pergunta por você. São lisonjas, nada mais. No fundo ela é rival mesmo. Rigorosamente, nas suas posições respectivas, a mãe e a avó representam, em relação ao neto, papéis muito semelhantes ao da esposa e da amante dos triângulos conjugais. A mãe tem todas as vantagens da domesticidade e da presença constante. Dorme com ele, dá-lhe de comer, dá-lhe banho, veste-o. Embala-o de noite. Contra si tem a fadiga da rotina, a obrigação de educar e o ônus de castigar.
Já a avó, não tem direitos legais, mas oferece a sedução do romance e do imprevisto. Mora em outra casa. Traz presentes. Faz coisas não programadas. Leva a passear, "não ralha nunca". Deixa lambuzar de pirulitos. Não tem a menor pretensão pedagógica. É a confidente das horas de ressentimento, o último recurso nos momentos de opressão, a secreta aliada nas crises de rebeldia. Uma noite passada em sua casa é uma deliciosa fuga à rotina, tem todos os encantos de uma aventura. Lá não há linha divisória entre o proibido e o permitido, antes uma maravilhosa subversão da disciplina. Dormir sem lavar as mãos, recusar a sopa e comer roquetes, tomar café - café! -, mexer no armário da louça, fazer trem com as cadeiras da sala, destruir revistas, derramar a água do gato, acender e apagar a luz elétrica mil vezes se quiser - e até fingir que está discando o telefone. Riscar a parede com o lápis dizendo que foi sem querer - e ser acreditado! Fazer má-criação aos gritos e, em vez de apanhar, ir para os braços da avó, e de lá escutar os debates sobre os perigos e os erros da educação moderna...
Sabe-se que, no reino dos céus, o cristão defunto desfruta os mais requintados prazeres da alma. Porém, esses prazeres não estarão muito acima da alegria de sair de mãos dadas com o seu neto, numa manhã de sol. E olhe que aqui embaixo você ainda tem o direito de sentir orgulho, que aos bem-aventurados será defeso. Meu Deus, o olhar das outras avós, com os seus filhotes magricelas ou obesos, a morrerem de inveja do seu maravilhoso neto!
E quando você vai embalar o menino e ele, tonto de sono, abre um olho, lhe reconhece, sorri e diz: "Vó!", seu coração estala de felicidade, como pão ao forno.
E o misterioso entendimento que há entre avó e neto, na hora em que a mãe o castiga, e ele olha para você, sabendo que se você não ousa intervir abertamente, pelo menos lhe dá sua incondicional cumplicidade...
Até as coisas negativas se viram em alegrias quando se intrometem entre avó e neto: o bibelô de estimação que se quebrou porque o menininho - involuntariamente! - bateu com a bola nele. Está quebrado e remendado, mas enriquecido com preciosas recordações: os cacos na mãozinha, os olhos arregalados, o beiço pronto para o choro; e depois o sorriso malandro e aliviado porque "ninguém" se zangou, o culpado foi a bola mesma, não foi, Vó? Era um simples boneco que custou caro. Hoje é relíquia: não tem dinheiro que pague...


(O brasileiro perplexo, 1964.)

Rachel de Queiroz

4173e2fe7cfde3d048a0cfb2e93bd6bf

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Apendendo a fazer bolsinha porta moedas

Oi gente!

Que sumiço hem? Mas é o corre-corre do dia a dia…

Que tal hoje um passo a passo da bolsinha porta moedas? É simples de fazer e fica uma graça!!

Você vai precisar de Tecido liso e estampado do seu gosto, eu utilizei o algodão crú e um tecido de poá. Além disso o zíper.

Corte um coração com o tecido estampado:IMG_8805

Corte as duas partes da bolsinha, parecem dois quadrados, mas pode arredondar um dos lados, o que ficará no zíper, são dois quadrados do liso e dois quadrados do estampado que será o forro:IMG_8806

Costure o coração em uma das partes do tecido liso:IMG_8807

Agora é o momento de colocar o zíper. Deverá fazer tipo um sanduiche, tecido estampado, o zíper com a parte direita para cima e o tecido liso.IMG_8808

Ficará assim…

IMG_8809

Faça o mesmo com o outro lado do zíper e ficará assim…

IMG_8810

Agora una as duas partes lisas com as duas partes estampadas e costure ao redor deixando uma parte sem costura para que possa virar a bolsinha. Uma dica importante, só costure com o zíper metade aberto.

IMG_8811

IMG_8812

Por esta abertura que deixou sem costura vire a bolsa para o lado direito…

IMG_8813

Agora basta colocar o forro para dentro…

IMG_8814

Está pronta…

IMG_8815

Até um próximo passo a passo!!!

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Descansar…

Nas ondas da praia
Nas ondas do mar
Quero ser feliz
Quero me afogar.


Nas ondas da praia
Quem vem me beijar?
Quero a estrela-d'alva
Rainha do mar.


Quero ser feliz
Nas ondas do mar
Quero esquecer tudo
Quero descansar.


(Estrela da Manhã)

Manuel Bandeira

 

Um pouco de descanso, é o que estou precisando…muito corre corre esses dias, mas logo passa.

Um final de semana abençoado a todos!!

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Linda visita

A coruja trás como significado "o ver a totalidade", ou seja, ela, através da sabedoria, nos dá a possibilidade do ver as coisas na sua totalidade, o consciente e o inconsciente. Esse animal tem a capacidade de ver na escuridão, o que significa também ampliação dos limites da percepção. A coruja conecta com todas as partes do ser, e permite vencer o temor e aprender a qualidade da consciência do existir e do fluir em todos os níveis. Na essência, a coruja vê o que os outros não vêem, e pode ter mais percepções a respeito de outras pessoas do que de si mesma. Mas mesmo assim, o poder desse animal pode ser invocado para que a pessoa desperte a capacidade de olhar para si mesma, em busca de uma visão mais íntegra a respeito de si, ou de aspectos que ainda permanecem obscuros e precisam ser vistos. (Tumblr)

IMG_8612

E foi essa belezura que apareceu em nosso telhado já a uns três dias…sai e volta…

IMG_8611

E fica alí parada a pensar, com seu olhar expressivo…

terça-feira, 19 de março de 2013

Artesão

19 de março dia do artesão – Profissional que fabrica produtos através de um processoa manual ou com auxílio de ferramentas.

Para mim ser artesão é trabalhar não só com as habilidade manuais, mas trabalhar com o amor, com a paixão, com os sentidos e sentimentos, com a alma. O carinho, o cuidado, a paciência, o olhar apurado em cada detalhe, procurando sempre a perfeição na imperfeição humana, longe da frieza das máquinas…

Fernando Pessoa diz que “A arte consiste em fazer os outros sentir o que nós sentimos, em os libertar deles mesmos, propondo-lhes a nossa personalidade para especial libertação.”

“A arte é um resumo da natureza feito pela imaginação” diz Eça de queiroz…

Me sinto muito feliz e realizada em meios a papéis, papelões, tecidos, botões e tudo o que utilizo na construção do meu trabalho de artesã…

Concordo com Ariano Suassuna quando diz que a arte não é produto de mercado. Podem me chamar de romântico. Arte pra mim é missão, vocação e festa!!!

Vamos festejar!!!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

O domingo e umas costurinhas

Ontem por aqui o dia foi alternado entre sol e chuva, mais chuva que sol…aproveitei para colocar umas coisas em dias…

Uma das coisas que fiz foi cortar umas calças e transformá-las em bermudas…e as pernas que sobraram delas, o que fazer? Jogar fora?

IMG_8184IMG_8186

Claro que não!!! Deu para criar umas bolsinhas organizadoras…Olha elas aí!!

IMG_8187

IMG_8189

IMG_8193

IMG_8197

Que a semana que se inicia seja repleta de criatividade, amor e alegria!

Não devemos contentar-nos em falar do amor para com o próximo, mas praticá-lo.

Albert Schweitzer

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Dia do AMOR

Hoje é o dia do AMOR ou Valentaines Day!

Conta a história que esse dia surgiu com a seguinte O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.

grande ideia do Dia dos Namorados Coloque coração na parede do lado de fora da classe e tirar foto de cada garota.  Poderia estar segurando explosão aberto com alguns dos corações corte de páginas de livros reciclados

Imagens (Pinterest)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...