Páginas

Olá! Sejam muito bem vindos! Navegue a vontade, sinta-se em casa. É um imenso prazer compartilhar preciosidades com vocês... Sei que em cada lugar que passamos levamos um pouco de algo e deixamos um pouco de nós, então podem deixar um pouco de vocês aqui...comentem!!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

O sal

Imagem preso
(Sal – Turquia)
O sal não é alimento e em si não tem qualquer valor, não tem outra serventia que não a de ressaltar o sabor dos alimentos. É indispensável à vida e, no entanto, em excesso é danoso. Colocado na terra, a esteriliza. Em contato prolongado com a pele, a destrói. Não tem cor. Não tem cheiro. Não tem forma. Desaparece nos líquidos…
Ele por si só de nada vale…porém ele MISTURADO vem a ser a alma do mundo!
Imagem preso
Khalil Gibran diz que deve existir algo estranhamente sagrado no sal: Está em nossas lágrimas e no mar…
A vida não existiria sem o sal. A vida não teria forma, os alimentos não teriam sabor. A própria terra necessita certa quantidade de sal para produzir….Assim é o homem…como o sal, precisa misturar-se, interagir com os outros e com o mundo. Toda sua potencialidade só tem valor se for para temperar a vida. Se não se misturar com os outros e com o mundo, torna-se insosso, deixa de ter valor, deixa de ter sentido…
Imagem preso
Do pouco que sejamos, se este pouco for misturado às coisas do mundo, faremos com que tudo seja grande, belo e tenha sentido. Da mesma forma que uma pitada de sal torna o alimento saboroso, o pouco que o homem seja é capaz de transformar as coisas do mundo….mas tudo na medida certa, nem de mais, nem de menos…
É necessário encontrar o seu sentido na vida, dar o sabor a sua vida e a do outro…ser o tempero!
Imagem preso
Imagens(Pinterest)
"Vós sois o sal da terra. E se o sal perder sua força, com que outra coisa se há de salgar? Para nada mais fica servindo, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens". (Mateus, 5:13)

9 comentários:

  1. Simplesmente MARAVILHOSA tua postagem e mensagem nesse 1º dia do ano!!!Linda! beijos,tudo de bom e vamos que vamos!chica

    ResponderExcluir
  2. Débora, minha querida.

    Espero que sua virada tenha sido ótima, junto da sua família. A minha foi maravilhosa. É recíproco, te conhecer foi um doce encontro. Maravilhoso o texto que escolheu para o 1º dia do Ano Novo. Como esse texto mudou minha idéia sobre o sal!!! Parabéns, minha querida, as imagens também revelam a sua pessoa: delicada e doce. Que neste ano possamos fortalecer nossos laços de amizade. E você, com certeza faz parte da lista dos amigos, um forte abraço. Uma ótima semana, bjs

    ResponderExcluir
  3. Lindo post, como sempre, amiga!
    Dé, feliz ano novo para vc e sua família linda.
    Adoro você.
    Grande beijo no seu coração

    ResponderExcluir
  4. Oi Débora querida!

    Vim aqui para lhe desejar um super 2012, cheio de amor e de paz!!! Obrigada por este lindo texto! Como sempre, gostei muito da reflexão e da analogia, perfeita!

    Mil beijos para vcs!
    Ju

    ResponderExcluir
  5. Como sempre lindas as imagens :)

    Conheço uma historinha com sal que gosto muito, segue:

    "Um dia Santa Terezinha pediu a uma jovem noviça triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse.
    Qual é o gosto?" Perguntou Santa Terezinha.
    “Ruim" disse a noviça.
    Santa Terezinha sorriu e pediu a jovem noviça que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
    As duas caminharam em silêncio e a jovem noviça jogou o sal no lago, então Santa Terezinha disse:
    “Beba um pouco dessa água".
    Enquanto a água escorria do queixo da jovem, Santa Terezinha perguntou:
    Qual é o gosto?"
    “Bom!" Disse a jovem noviça.
    “Você sente o gosto do sal?" Perguntou Santa Terezinha.
    “Não" disse a jovem.
    Santa Terezinha então sentou ao lado da jovem noviça, pegou sua mão e disse:
    A dor na vida de uma pessoa não muda.
    Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos.
    Então,quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido das coisas."

    ResponderExcluir
  6. Oi Débora,
    O post está belíssimo. Nunca tinha parado para pensar a respeito do sal!
    Beijos 1000 e um 2012 maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Que lindo e reflexivo Débora!
    Uma vez eu fui a um batizado e o padre falou sobre essa passagem de Mateus. Achei tão bonito que me marcou..."Seja o sal da terra"

    E assim vamos tentanto transformar e dar sabor a tudo que nos cabe.

    Grande beijo e um excelente 2012 pra vc!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Débora querida!

    Que texto lindo...amei!


    Bjss e uma semana super iluminada...

    http://www.toutlamour.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Puxa, fiquei aqui pensando em como a gente nem dá atenção para um elemento tão importante.
    é verdade, o sal é o tempero da vida, ele dá sabor na medida certa.
    Muito linda sua postagem, adorei ler.
    Beijos querida, estamos meio atrapalhadinhas com essas festas todas mas logo entramos nos eixos, não é?

    ResponderExcluir

Obrigada por seu precioso comentário, vou amar ler. Volte sempre que quiser!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...