Páginas

Olá! Sejam muito bem vindos! Navegue a vontade, sinta-se em casa. É um imenso prazer compartilhar preciosidades com vocês... Sei que em cada lugar que passamos levamos um pouco de algo e deixamos um pouco de nós, então podem deixar um pouco de vocês aqui...comentem!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Boneca de pano

Se por um momento Deus se esquecesse de que sou uma boneca de pano, e me presenteasse com um pedaço de vida, possivelmente eu não diria tudo o que penso, mas pensaria em tudo o que digo.

Daria valor as coisas, não pelo que ela valem, mas pelo que significam.

Eu dormiria pouco e sonharia bem mais…entendo que a cada minuto que fechamos os olhos perdemos sessenta segundos de luz.

Andaria enquanto os demais se detêm, despertaria enquanto os demais dormem, escutaria enquanto os demais falam, e como desfrutaria de um bom sorvete de chocolate…

Se Deus me desse só um pedacinho de vida, me vestiria com simplicidade, me atiraria de bruços ao sol, deixando descoberto não somente o meu corpo, mas também a minha alma.

Deus meu…se eu tivesse um coração…Ah! Eu escreveria meu ódio sobre o gelo e esperaria que o sol saísse…

Pintaria com um sonho de Van Gogh sobre as estrelas um poema de Benedetti, e uma canção de Serrat seria a serenata que ofereceria a lua!

Regaria com minhas lágrimas as rosas, para sentir a dor de seus espinhos e o encarnado beijo de suas delicadas pétalas.

Ah Deus! Se um pedaço de vida eu tivesse…Não deixaria passar um só dia sem dizer a gente que quero, que a quero. Viveria enamorado do amor.

Aos homens eu provaria quão equivocados estão ao pensar que deixam de enamorar-se quando envelhecem, sem saber que envelhecem quando deixam de enamorar…

A uma criança eu daria asas, mas deixaria que ela aprendesse a voar sozinha.

Aos velhos, a meus velhos, ensinaria que a morte não chega com a velhice, mas com o esquecimento.

Algumas coisas pude aprender, mesmo sendo uma boneca de pano…

Aprendi que o mundo todo quer viver no alto da montanha, sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a escarpa.

Aprendi que quando um recém nascido aperta pela primeira vez o dedo do seu pai, o tem amarrado para sempre.

Aprendi que um homem unicamente tem o direito de olhar outro homem de cima para baixo, quando o estiver ajudando a se levantar…

São tantas as coisas que pude aprender, mas finalmente não haverão de servir, pois quando em vejo…sou só uma simples boneca de pano.

Imagens: Pinterest

12 comentários:

  1. Que texto mais lindo Débora,
    E as imagens mais lindas ainda.
    Fiquei apaixonada pela boneca da primeira imagem...
    E muito emocionada com o texto...
    Todos nós deviamos aprender a dar mais valor as coisas simples da vida!

    Bjos
    Adriana Lemos

    ateliedecereja.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Envelhecemos quando deixamos de aprender.
    Estou encantada com seu texto, quanta delicadeza, quanta sutileza. Como preciso intensificar o meu presente, escrever o meu ódio em pedra de gelo... obrigada por belas palavras que me ensinam. Beijo

    ResponderExcluir
  3. Lindo,Débora!
    Super reflexivo, adorei!
    Simples e profundo, e muito emocionante!
    bjs
    Angi

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto e uma mensagem que guardo em meu coração!!
    Muito obrigada, Debora.
    Beijos!! Bela

    ResponderExcluir
  5. Achei um doce essa boneca e o texto maravilhoso! Muito bom tudo aqui!beijos,chica e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto!!
    Fabiola.
    http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi

    Vim através do Blog de Fabíola.

    Precioso seu blog.

    Eu sonhava em ter uma boneca de pano com rostinho de porcelana...Preciso realizar esse sonho.
    :)

    Amei o post, amei o blog, vou passear por ele, no q já foi postado e seguir os próximos posts.

    Um final de semana precioso pra vc!

    http://blogdtina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. ai meu deus que coisa linda, e o texto amiga, delicia.

    adorei!

    beijinhos e uma linda noite

    ResponderExcluir
  9. Adorei tudo !!!! tive a pretensão de levar seu texto para meu blog se não gostar retiro estou seguindo abraços Erica

    ResponderExcluir
  10. Oi Debora!
    Tenho uma dúvida, por acaso essa boneca de pano foi confeccionada por você?
    Achei ela tão linda!
    Caso não seja, você saberia me dizer quem fez, pois tenho muito interesse em adquiri-la

    Antecipadamente obrigada!
    Francine

    ResponderExcluir
  11. Olá Francine,
    Não fui eu quem fez. Encontrei a imagem na internet. Abaixo segue o link de onde pode encontrar:

    http://www.etsy.com/listing/73699624/jessy-reserved-fo-calebs1mom?ref=v1_other_2

    ResponderExcluir

Obrigada por seu precioso comentário, vou amar ler. Volte sempre que quiser!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...