Páginas

Olá! Sejam muito bem vindos! Navegue a vontade, sinta-se em casa. É um imenso prazer compartilhar preciosidades com vocês... Sei que em cada lugar que passamos levamos um pouco de algo e deixamos um pouco de nós, então podem deixar um pouco de vocês aqui...comentem!!

terça-feira, 26 de julho de 2011

O XIS da questão

Imagem: Pinterest

Com tanta letra no alfabeto, minha mãe foi escolher justo uma das ultimas pra me nomear: Xis. Não entendi porque, mas ela disse que entenderia no dia em que minhas pernas fossem tão fortes quanto a minha fome. Também não entendi o enigma. Mas fui crescendo e logo aprendi a andar. Minhas pernas foram se tornando mais fortes a cada dia, e, como num carro no qual a gasolina nunca acaba, me levavam pra todo lado. Como eu não sabia pra onde ir, qualquer lugar que me levavam estava bom. Aqui estava bom. Ali estava bom. Lá estava bom. Eram muitos lugares. Corria pra A, pra B, pra C. Se E me dizia que Era, que Elegante, que Ele, que Eu, corria para E. Se F me dizia que Feliz, que Fácil, que Fortuna, corria para F. Se M me dizia que Muito, que Maça, que Maravilhoso, corria para M. As letras me encantavam. Contudo, aos poucos ia percebendo que Ali era o lugar do A. Que Lá, era o lugar do L. Que a Casa era o lugar do C. Que o B morava na Bola. Que o E era Ele. E que, na verdade, não havia encontrado o meu lugar ainda. Já havia percorrido quase todo o alfabeto e ainda não havia me encontrado. O tempo foi passando e, certo dia, acordei pelado dentro de um labirinto. Corri ali dentro atrás do S de Sonho, mas o meu sonho não estava no S. Corri atrás do N, procurando o meu Nariz, mas o meu nariz não estava no N. Correi atrás do O dos outros, mas só conseguia me perder mais e mais. Foi então que me lembrei das palavras de minha mãe: “No dia em que suas pernas forem tão fortes quanto a sua fome”.

Só então percebi que havia uma letra que brilhava mais do que as outras, uma letra que parecia piscar pra mim. Era a letra X. E foi neste dia, pela primeira vez, que corri pro X.

Agora estou aqui, no centro deste labirinto que sou eu mesmo. Acho que finalmente entendi o porque do meu nome. Eu não sei qual o porque do seu, mas sei que você sabe, ou quer saber.

Você tem fome do que?

3 comentários:

  1. Que linda imagem!!
    Fabiola.
    http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. PASSANDO "CORRENDINHO" PARA DEIXAR UM BEIJINHO E AGRADECER O CARINHO DE SEMPRE!
    ESTOU BEM OCUPADINHA COM A SOBRINHARADA :) :) :)
    ADOREI O POST!
    OUTRA HORA TE CONTO QUAL É A MINHA FOME...

    ResponderExcluir
  3. ola debora!!! obrigada pela visita e pelo comentario carinhoso viu? um beijo e bom restinho de semana pra vc!
    leila - fofurasdefeltro.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu precioso comentário, vou amar ler. Volte sempre que quiser!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...