Páginas

Olá! Sejam muito bem vindos! Navegue a vontade, sinta-se em casa. É um imenso prazer compartilhar preciosidades com vocês... Sei que em cada lugar que passamos levamos um pouco de algo e deixamos um pouco de nós, então podem deixar um pouco de vocês aqui...comentem!!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

O SORRISO

MIM-PI vero 2010
Imagem: (Pinterest)
Sorriso, diz-me aqui o dicionário, é o acto de sorrir. E sorrir é rir sem fazer ruído e executando contracção muscular da boca e dos olhos.
O sorriso, meus amigos, é muito mais do que estas pobres definições, e eu pasmo ao imaginar o autor do dicionário no acto de escrever o seu verbete, assim a frio, como se nunca tivesse sorrido na vida. Por aqui se vê até que ponto o que as pessoas fazem pode diferir do que dizem. Caio em completo devaneio e ponho-me a sonhar um dicionário que desse precisamente, exactamente, o sentido das palavras e transformasse em fio-de-prumo a rede em que, na prática de todos os dias, elas nos envolvem.
Não há dois sorrisos iguais. Temos o sorriso de troça, o sorriso superior e o seu contrário humilde, o de ternura, o de cepticismo, o amargo e o irónico, o sorriso de esperança, o de condescendência, o deslumbrado, o de embaraço, e (por que não?) o de quem morre. E há muitos mais. Mas nenhum deles é o Sorriso.
O Sorriso (este, com maiúsculas) vem sempre de longe. É a manifestação de uma sabedoria profunda, não tem nada que ver com as contracções musculares e não cabe numa definição de dicionário. Principia por um leve mover de rosto, às vezes hesitante, por um frémito interior que nasce nas mais secretas camadas do ser. Se move músculos é porque não tem outra maneira de exprimir-se. Mas não terá? Não conhecemos nós sorrisos que são rápidos clarões, como esse brilho súbito e inexplicável que soltam os peixes nas águas fundas? Quando a luz do sol passa sobre os campos ao sabor do vento e da nuvem, que foi que na terra se moveu? E contudo era um sorriso.
(José Saramago)


sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Linda Guirlanda – Faça você mesmo

Gente o natal já aí batendo a nossa porta A-D-O-R-O!!!
Uma guirlanda bem decorada é tudo de bom não é? E que tal colocar a mão na massa, usar a criatividade e fazer uma bem charmosa?
Achei essa linda com filtos de café e trouxe o passo a passo para compartilhar com vocês…
Outono coroa de flores
IMG_3377IMG_3381
IMG_3382
IMG_3383IMG_3384
IMG_3387
IMG_3389
IMG_3391
IMG_3392
IMG_3393
IMG_3395IMG_3396
IMG_3400IMG_3401
filtro de caf flor
IMG_3406
IMG_3407IMG_3408
IMG_3409
IMG_3412
Outono caf coroa de flores filtro com bolotas
Outono caf coroa de flores filtro
Outono caf coroa de flores filtro com bolotas e bagas
Outono muito caf coroa de flores filtro com bolotas e bagas

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Doçura

E para começar novembro a doçura…suavidade, brandura.
Doçura é a maestria dos sentidos. Olhos que vêem no fundo das coisas, ouvidos que escutam o coração das coisas, lábios que falam apenas a essência das coisas. Doçura é o resultado de uma longa jornada interior ao âmago da vida e a habilidade de lá permanecer e observar. A doçura procura pelo bem nas coisas, pois no seu coração reside a convicção de que o bem existe em algum lugar em tudo, é só ter paciência para descobri-lo. ( Brahma Kumaris)
E que duçura é este vestido de noiva…
Um vestido de noiva feito de toalhas de mesa, de Cardiff e fotgrafo do casamento South Wales, Aga Tomaszek
Um vestido de noiva feito de toalhas de mesa, de Cardiff e fotgrafo do casamento South Wales, Aga Tomaszek
Um vestido de noiva feito de toalhas de mesa, de Cardiff e fotgrafo do casamento South Wales, Aga Tomaszek
Frances e Rob casamento-1197
Frances e Rob casamento-1090
Frances e Rob casamento-1214
Imagens DAQUI
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...