Páginas

Olá! Sejam muito bem vindos! Navegue a vontade, sinta-se em casa. É um imenso prazer compartilhar preciosidades com vocês... Sei que em cada lugar que passamos levamos um pouco de algo e deixamos um pouco de nós, então podem deixar um pouco de vocês aqui...comentem!!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Passeando por Salvador

Já falei aqui sobre alguns locais de Salvador e hoje quero trazer mais um que gosto muito…A Barra. Ela é um dos bairros mais tradicionais de Salvador.
image
Possui uma localização geográfica única no mundo, onde é possível ver tanto o nascer quanto o por do sol, pois ocupa o vértice da penísula em que está a cidade. É banhada pelo oceano Atlântico de um lado e do outro está a Baía de Todos os Santos, em sua parte interna. Preserva em sua paisagem um acervo  histórico e arquitetônico valioso para o Brasil, sendo o Farol da Barra seu ícone mais famoso, ao lado dos Fortes de Santa Maria e São Diogo.
image
Instalado no Farol da Barra, o Museu Náutico da Bahia guarda histórias e lembranças de navios naufragados na costa baiana. Além de museu, é um espaço de transmissão de conhecimentos relacionados à Hidrografia, Sinalização Náutica e Cartografia da Baía de Todos os Santos. A administração é do Departamento Regional do Abrigo do Marinheiro de Salvador. O Museu mostra aos visitantes o acervo de instrumentos utilizados pelos navegantes de hoje, bem como réplicas dos modelos utilizados a partir do século XV. As visitas podem acontecer de terça a domingo, das 9h às 19h.
image
A praia do Porto da Barra é pequena e acolhedora, com águas claras e adequadas para banho. Muito bom também para um passeio a tarde…
. image
É também na Barra onde acontece uma das maiores festas do mundo – O Carnaval…esses é um dos circuito, o Barra – Ondina, os trios elétricos desfilam arrastando multidões tendo o mar como companheiro…
image
Ótimo para curtir um lindo por do sol…
2240891448_a2db4c57ea_z
Imagens: Internet
Espero que tenham gostado do passeio.
Estarei fora esses dias, mas logo estarei de volta e visitarei os Blogs queridos. Desejo a todos um final de semana tranquilo e agradável, cheio de coisas boas!!!
Um forte ABRAÇO!!!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Primeira Comunhão

Já fiz tantos álbuns e livros de mensagens de Primeira Comunhão encomendados por mamães para guardarem esse momento lindo na vida da criança e ontem chegou o momento da Primeira Eucaristia da minha Catarina.

IMG_4482

Ela estuda em um colégio religioso cuidado e administrado por freiras e durante todo esse ano ela foi preparada para receber Jesus Eucarístico, através de  ensinamentos e valores religiosos formais e também participando da vivencia cristã da Igreja.

Estamos muito felizes com esse doce momento de Catarina, e ela radiante, confiante e muito feliz.

Acendendo a vela

IMG_4489

Recebendo a Hóstia

IMG_4493

Ao lado da Irmã Laurenice, sua Catequista

IMG_4498

IMG_4499

IMG_4504

O que temer? Nada.
A quem temer? Ninguém.
Por que? Porque aqueles que se unem a Deus obtém três grandes previlégios: onipotência sem poder; embriaguez, sem vinho e vida sem morte.

(São Francisco de Assis)

Porco espinho

Li esses dias a fábula do porco espinho e gostaria de compartilhar com vocês…
porco espinho 1
Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim, se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que oferenciam mais calor.
porco espinho 2
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: Ou desapareciam da Terra, ou aceitavam
os espinhos dos companheiros.
porco espinho 3
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas, que como a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais  importante era o calor do outro. E assim, sobreviveram!
porco espinho 4
Dessa fábula podemos aprender sobre relacionamentos… onde  melhor relacionamento não é aquele que une as pessoas perfeitas, mais aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e admirar suas qualidades.
porco espinho 5
"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade."
(Carlos Drummond de Andrade).

sábado, 22 de outubro de 2011

AMIZADE

A AMIZADE torna os fardos mais leves, pois os divide pelo meio…intensifica as alegrias elevando-as ao quadrado na matemática do coração.

Imagem Pinned

Alivia o sofrimento porque a simples lembrança do amigo é alívio! Ameniza as tarefas difíceis, porque a gente não as realiza sozinho…são dois cérebros  e quatro braços agindo.

Imagem Pinned

A amizade diminui a distância, pois mesmo estando longe um AMIGO é alguém perto de nós!

Imagem Pinned

Coloca música e poesia na banalidade do cotidiano…Enseja confidências redentoras, problemas compartilhados, percalço amaciado, felicidade repartida, ventura acrescida…

Pinned Image

É a doce canção da vida e a poesia da eternidade! O amigo é a outra metade da gente, o lado claro e melhor…Sempre que encontramos um amigo encontramos um pouco mais de nós mesmo.

Imagem Pinned

O amigo desvenda, revela, conforta…É uma porta sempre aberta em qualquer situação. Na hora certa ele é o sol do dia e as estrelas na escuridão…è a bússola e rota no oceano, porto seguro da tripulação. É o milagre do calor humano que DEUS opera num coração.

Imagem Pinned

Imagens: Pinterest

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Laranjeira dá laranja

A semente que uso pra pensar na questão do Ser é que laranjeira dá laranja.
Pode parecer óbvio, mas é por isto que brota. O natural é o que é. A laranjeira é laranjeira porque pensa laranja, sente laranja e age laranja. Sua natureza é o que é, laranjeira. Se uma pessoa não gosta de laranja, se xinga a árvore de filha de jaca, nem por isto a laranjeira se aborrece, ou então, começa a dar abacates. Laranjeira dá laranja. Mas nós, árvores humanas, somos estranhas. Pensamos uma fruta, sentimos outra, e realizamos uma terceira, completamente diferente das duas anteriores. Certa vez, negociando com um amigo pé de boi, notei que o safado sempre puxava a sardinha pro lado dele. Eu lhe critiquei: "Você é muito egoísta". Ele respondeu  sem  casca: "Sim, sou, por quê? Você não é?". Ele quebrou minhas pernas, meu tronco e meu nariz de Pinóquio. Não sabia o que responder. Fui obrigado a abrir os olhos e ver que minha árvore estava nua. O pobre diabo estava apenas sendo verdadeiro, enquanto eu, com a auréola de São Francisco de Assis na cabeça, estava me disfarçando de lichia.  (Marcelo Ferrari)

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Salvador meu amor…BAHIA

Vamos continuar nosso passeio por Salvador?
Hoje ao Forte São Marcelo

Construído de 1650 a 1728, o Forte São Marcelo é um dos monumentos mais curiosos de Salvador. A construção foi erguida sobre um banco de areia que já existia próximo ao ancoradouro do antigo porto da capital baiana, por conta do medo de uma possível invasão holandesa. De acordo com os registros históricos, somente após a construção do forte o Porto de Salvador passou a ser considerado seguro para o transporte marítimo.

O Forte foi erguido em cantaria de arenito até a linha d'água e em alvenaria de pedra irregular até 15 metros de altura. Em 1812, a obra foi concluída com a construção de um anel que circunda o torreão central do forte. O Forte São Marcelo é o único de formato circular das Américas, o que lhe rendeu o apelido carinhoso de 'O Umbigo da Bahia', criado pelo ilustre escritor Jorge Amado.

Para visitar o Forte é necessário comprar a passagem. Muito simples: no Centro Náutico o voucher é vendido a R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). O custo inclui a travessia de ida e volta, além do passeio acompanhado de um guia. E o melhor: você pode passar quanto tempo quiser dentro do Forte, que fica aberto das 9h às 18h. Numa planilha de custos, vale a pena gastar um pouquinho para ter acesso ao pôr-do-sol mais bonito da cidade!
A travessia é rápida: a escuna Só Alegria leva cerca de 5 minutos para chegar ao Forte. Nem dá tempo para ficar enjoado.
Lá de cima, a gente tem uma vista privilegiada de toda a Baía de Todos os Santos: desde o Farol da Barra à Ponta de Humaitá. São 360º de pura beleza e história. Isso sim é de tirar o fôlego!

COMO CHEGAR
Local: Forte São Marcelo - Baía de Todos os Santos
Horário de visitação: todos os dias, das 9h às 18h, inclusive feriados
Venda de voucher: Centro Náutico da Bahia, Av. da França, s/n, comércio - guichê 3
Valor: R$10,oo (inteira) R$5,00 (meia)
RESTAURANTE
Local:
Restaurante Buccaneros - Forte São Marcelo
Horário de funcionamento: terça-feira a domingo, das 12h às 16h e de quinta-feira a sábado, das 12h à 01h.
Venda de voucher: Centro Náutico da Bahia, Av. da França, s/n, comércio - guichê 3
Valor: R$10,00 (inteira) R$5,00 (meia), em horário de funcionamento do Forte São Marcelo.
Obs.: para ir apenas ao restaurante Buccaneros , após o horário de funcionamento do Forte São Marcelo o voucher custa o valor único por pessoa de R$3,00.
Fonte: Ibahia.com


Imagens: Internet

domingo, 16 de outubro de 2011

Faça a sua vida valer a pena!!


FAÇA A SUA VIDA VALER A PENA!

A melhor idade…

Hoje estava lendo um texto escrito por Benvindo Siqueira, falando sobre a velhice e gostaria de compartilhar com vocês…
Imagem preso
“Sempre pensei que ia morrer cedo. A luta armada, a clandestinidade na luta contra a ditadura, aventuras, promiscuidade, orgias, riscos...tudo me levava a crer que não chegaria aos trinta anos. Para quem tem vinte anos, quem tem trinta já é coroa. Tomei um susto quando vi-me vivo e saudável aos trinta. Aos quarenta percebi a possibilidade real da morte. No dia do meu aniversário quarentão, um jovem ator de 24 anos perguntou como eu me sentia: “Agora? de frente para a morte”. Para minha surpresa foi o jovem quem morreu logo depois.
Aos cinqüenta apaixonei-me pela letra de Aldir Blanc na voz de Paulinho da Viola: “...aos cinqüenta anos, insisto na juventude...” , isto enquanto percebia meu ângulo peniano caminhando para os 90º. Mas, antes dos sessenta a pílula azul alargou minhas possibilidades e possibilitou- me ver o sexo por ângulos mais estreitos. Agora estou além dos sessenta. Aos quarenta rezava pela alma dos mortos amigos e parentes. Nome por nome eu pedia ao Senhor. Hoje, são tantos os que caíram, que apenas peço “...pelos mortos em geral”.
E mais uma vez espanto-me por estar ainda vivo, e consolo-me no Salmo 91.7 que diz: “...1.000 cairão ao teu lado e 10.000 à sua direita, mas você não será atingido”.Mesmo confiando na Palavra, ainda assim caminho embaixo de marquise pra São Pedro não me ver. Ainda estou vivo, e pra quem pensou que morreria aos trinta descubro que existe vida após a vida. Mas o preço do viver é muito alto para o jovem de hoje: tem que comprar apartamento, arranjar um trampo, ganhar dinheiro, ficar famoso, comer todas, bombar no iutube, malhar, casar, ter filhos, comprar carro, estar bronzeado, conhecer tudo de web, e ainda ir ao show da Madonna, entre outras miudezas.

Após os sessenta você já está quite com tudo isto e pensa que vai viver em paz.  Qual o quê: tem que tomar insulina, antidepressivos, rivotris, controlar a pressão, não comer açúcar, não comer sal, não fumar, não beber, se conseguir comer uma e outra já é uma vitória, tem que caminhar ao menos meia hora por dia mesmo sem querer, cuidar do  joanete, dormir cedo, vender o apartamento, fugir da bolsa, não discutir no trânsito, não se alterar no caixa do supermercado, tolerar os filhos, agradar os netos, ficar calado diante da mediocridade, aceitar o salário de aposentado, ter o testamento em dia, e curtir todas as dores ósseas, nervosas e musculares porque se algum dia você acordar sem dor é porque está morto.
Claro que o idoso tem suas vantagens: uma delas é a transparência. Quanto mais velho mais transparente você se torna. Chega a ficar invisível: ninguém mais lhe percebe, mais um pouco e nem lhe enxergam. Mas, pode passar à frente dos jovens nas filas todas, com aquele ar de superior: “Você é jovem e sarado, mas eu tenho prioridade”. E ante qualquer aborrecimento ou dificuldade você ameaça enfartar ou ter um AVC. Funciona sempre, todos logo se tornam gentis e cordatos, e é garantia de muitas meias e lenços como presentes no Natal.

Lidando com a minha “terceira idade” ouço de meu psicanalista, o bom Luiz Alfredo : “Só há dois caminhos: envelhecer.. .ou o outro, muito pior”. Prefiro envelhecer, aceitando cada minúsculo “sim” que a vida me dá com uma grande alegria e uma grande vitória. Hoje quando encontro vaga num elevador do shopping, quando o banco está vazio, ou quando encontro promoção na farmácia, já considero uma bênção gigantesca e agradeço a Deus pela Graça Alcançada.

Após os sessenta, como no filme de Brad Pitt, regrido na existência, deixo Paulinho e a viola de lado e reencontro Lupiscinio “Esses moços, pobres moços...ah se soubessem o que eu sei...” . Mas se soubessem não ia adiantar nada: porque a sabedoria é filha do tempo. Como diz o amigo Percinotto, também idoso: “o diabo é sábio porque é velho”.
Pelo andar da carruagem, percebo que já morri muitas vezes nesta vida, e que viverei até fartar-me. (Benvindo Siqueira – ator, diretor de teatro e Tv, autor e idoso)
Pinned Image

sábado, 15 de outubro de 2011

Professor…Ah! Professor…

As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor.
Aprendemos palavras para melhorar os olhos.
Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem...
O ato de ver não é coisa natural.
Precisa ser aprendido! (Rubem alves)

Imagem preso

Acredito ser essa a maior missão de um PROFESSOR…ensinar o ser humano a ver o mundo de uma maneira melhor, a ser um transformador! Tarefa árdua e complexa, só mesmo um mestre de verdade, com muito amor a sua profissão é capa de fazê-la…

Aos meus olhos, PROFESSOR é a mais belas das profissões…Educar! Impregnar de sentido o que fazemos a cada instante!

Mas para o dia de hoje trago as sábias palavras do Mestre Paulo Freire:

Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.
A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.(Paulo Freire)

Imagem preso

Imagens: Pinterest

A todos os professores, como eu, com MUITO ORGULHO, parabéns pelo seu dia!!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Relacionamentos…

Relacionamentos, seja ele entre pai e filho, irmãos, amigos, marido e mulher…não é tão simples e fácil…Rubem Alves mostra a sua visão sobre o casamento fazendo uma analogia interessante…
Imagem preso
Depois de muito meditar sobre o assunto concluí que os casamentos (relacionamentos) são de dois tipos: há os casamentos do tipo tênis e há os casamentos do tipo frescobol.
Os casamentos do tipo tênis são uma fonte de raiva e ressentimentos e terminam sempre mal.
Os casamentos do tipo frescobol são uma fonte de alegria e têm a chance de ter vida longa.
Explico-me. Para começar, uma afirmação de Nietzche, com a qual concordo inteiramente. Dizia ele: 
“Ao pensar sobre a possibilidade do casamento cada um deveria se fazer a seguinte pergunta: Você crê que seria capaz de conversar com prazer com esta pessoa até sua velhice ?’
Tudo o mais no casamento é transitório, mas as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar.” (…)
A música dos sons ou da palavra – é a sexualidade sob a forma da eternidade: é o amor que ressuscita sempre, depois de morrer.
Há os carinhos que se fazem com o corpo e há os carinhos que se fazem com as palavras. E contrariamente ao que pensam os amantes inexperientes, fazer carinho com as palavras não é ficar repetindo o tempo todo: “Eu te amo…”
Barthes advertia: “Passada a primeira confissão, ‘eu te amo’ não quer dizer mais nada.”
É na conversa que o nosso verdadeiro corpo se mostra, não em sua nudez anatômica, mas em sua nudez poética.
O tênis é um jogo feroz. O seu objetivo é derrotar o adversário.
E a sua derrota se revela no seu erro: o outro foi incapaz de devolver a bola.
Joga-se tênis para fazer o outro errar. O bom jogador é aquele que tem a exata noção do ponto fraco do seu adversário, e é justamente para aí que ele vai dirigir sua cortada – palavra muito sugestiva, que indica o seu objetivo sádico, que é o de interromper, derrotar.
O prazer do tênis se encontra, portanto, justamente no momento em que o jogo não pode mais continuar porque o adversário foi colocado fora de jogo.
Termina sempre com a alegria de um e a tristeza de outro.
O frescobol se parece muito com o tênis: dois jogadores, duas raquetes e uma bola. Só que, para o jogo ser bom, é preciso que nenhum dos dois perca.
Se a bola veio meio torta, a gente sabe que não foi de propósito e faz o maior esforço do mundo para devolvê-la gostosa, no lugar certo, para que o outro possa pegá-la.
Não existe adversário porque não há ninguém a ser derrotado.
Aqui ou os dois ganham ou ninguém ganha. E ninguém fica feliz quando o outro erra – pois o que se deseja é que ninguém erre. O erro de um, no frescobol, é um acidente lamentável que não deveria ter acontecido, pois o gostoso mesmo é aquele ir e vir, ir e vir, ir e vir… E o que errou pede desculpas, e o que provocou o erro se sente culpado. Mas não tem importância: começa-se de novo este delicioso jogo em que ninguém marca pontos…
A bola: são nossas fantasias, idéias, sonhos sob a forma de palavras.
Conversar é ficar batendo sonho prá lá, sonho prá cá… Mas há casais que jogam com os sonhos como se jogassem tênis. Ficam à espera do momento certo para a cortada. Tênis é assim: recebe-se o sonho do outro para destruí-lo, arrebentá-lo, como bolha de sabão… O que se busca é ter razão e o que se ganha é o distanciamento. Aqui, quem ganha sempre perde.
Já no frescobol é diferente: o sonho do outro é um brinquedo que deve ser preservado, pois se sabe que, se é sonho, é coisa delicada, do coração. (Rubem Alves)
Imagem preso
Imagens: Pinterest

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Quem não tem cão caça com gato…

De tanto eu falar em jardim aqui, já devem ter percebido o meu gosto e amor por ele…mas como ainda não tenho um e nem espaço para isso por morar em apartamento, o jeito é improvisar do jeito que dá…Quem não tem cão caça com gato…

Um pedaço de madeira pintada. dois furos para passar o arame e prender o vasinho e mais dois furos para prender a cordinha que ficará presa ao prego na parede….Pronto! Dá para fazer vários e colocar na vertical ou horizontal….

Imagem preso

http://distantbloggers.tumblr.com/post/2761304691/making-a-vase-for-on-the-wall-step-one-buy

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O que dizer hoje…

Para hoje, Rubem Alvez diria que…”Deus é alegria. Uma criança é alegria. Deus e uma criança têm isso em comum: ambos sabem que o universo é uma caixa de brinquedos. Deus vê o mundo com os olhos de uma criança.Está sempre à procura de companheiros para brincar.”(Rubem Alves)
Imagem preso
Josh Bilings nos mostra que devemos guiar uma criança pelo caminho que ela deve seguir e nos guiarmos por ela de vez em quando…
Imagem preso
Isaac Newton tinha a impressão de ter sido uma criança brincando à beira-mar, divertindo-se em descobrir uma pedrinha mais lisa ou uma concha mais bonita que as outras, enquanto o imenso oceano da verdade continuava misterioso diante de seus olhos…
Imagem preso
Quintana já contou que quando criança ele tinha de calar-se à mesa: só as pessoas grandes falavam. Agora, depois de adulto, prefere ficar calado para as crianças falarem…
Imagem preso
Paulo Coelho te dá esse conselho: “Segure a mão da criança que há dentro de você. Para ela, nada é impossível.”
Imagem preso
A criança que fui chora na estrada.
Deixei-a ali quando vim ser quem sou.
Mas hoje, vendo que o que sou é nada,
Quero ir buscar quem fui onde ficou.
(Fernando Pessoa)
Imagem preso
Imagens: Pinterest

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Superação

Amanhã comemora-se o Dia das Crianças…Precisamos olhar por elas TODOS OS DIAS.
Gostaria de compartilhar com vocês esse vídeo de superação, mas uma superação que se deu graças ao amor, carinho, cuidados dessa mãe por estas crianças…
X Factor Australia - Emmanuel Kelly (LEGENDADO PT)

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Três, três passará…

Essa semana comemora-se o dia das crianças…e como é BOM ser criança!

No meu tempo de criança eu não tinha playground para brincar…mas eu tinha o quintal da casa de minha mãe, o de minha vó nas férias e a rua…Espaços ao ar livre, cheio de verde, colorido, movimento…era nesses ambientes que aconteciam as melhores e encantadoras brincadeiras…Nada de playstation, nitendo wii, internet, msn…as brincadeiras eram de verdade, olhávamos nos olhos, nossas mãos eram apertadas nas cantigas de rodas, o som das nossas vozes eram escutados, nada de som de teclado de computador ou de notebooks, eram vozezinhas entoando cantigas pueris, contado histórias, gritando…barulho bom de criança!

Imagem preso

As brincadeiras eram vivenciadas por fases…havia a época da bola, todas as brincadeiras giravam em torno dela…os meninos o futebol, esse nunca saía de moda, o baleado, passa a bola…época das pipas, achava lindo o céu azul ganhar o colorido emanado por elas, cada um querendo colocar a sua o mais distante possível, passávamos horas olhando para cima…quando chovia e a terra ficava molhada brincávamos de amarelinha na areia ou riscávamos o passeio da casa com um pedaço de giz e passávamos a manhã inteira pulando as casas até chegar no céu…

Imagem preso

Uma das minhas brincadeiras favoritas acontecia as tardes no quintal da casa de minha mãe…já até mencionei ele AQUI em um post, brincar de escola, tínhamos um velho quadro de giz, caixotes de madeira eram as cadeiras e carteiras…cada dia uma era a professoas, e olha que professoras que tínhamos entre nós, poderiam até dar aulas de como ensinar para muitas que existem por aí, pois fazíamos tudo com muita diversão, muitas vezes levávamos os próprios deveres escolares para fazer na “nossa escolinha”…quando a noite chagava e o céu se cobria de estrelas íamos para a rua em frente a nossa casa cantar de mãos dadas canções que hoje estão esquecidas ou desconhecidas por muitas crianças…As vezes era preciso as nossas mães nos lembrar que já era hora de ir para casa.

Imagem preso

É uma pena hoje as brincadeiras serem outras, muitas crianças não sabem nem o que é brincar, talvez por falta de espaço, por falta de tempo já que muitas fazem tantas atividades extra classe que não lhes sobre tempo para o “brincar”, ato tão importante para o seu desenvolvimento psiquico, social, intelectual, motor…Li um post interessante que fala também sobre este assunto no Blog Reserva de Emoções de uma pessoa especial a Ivana, depois se puderem passem lá…

Imagem preso

Bom…nesse dia das crianças desejo que você nunca, nunca deixe morrer a criança que um dia foi e que ainda está aí, guardada em sua mente e em seu coração. Que ela possa estar presente em todos os momentos que vivenciar em sua vida! E um pedido…ensine a uma criança do seu convívio…filho, sobrinho, neto, conhecido, vizinho uma brincadeira que mais gostou em sua infância, certamente ela irá amar conhecer e quem sabe ensinar também as outras crianças do seu convívio….Vamos tentar reviver brincadeiras que estão esquecidas, desconhecidas, vamos ensinar a brincar!

Imagem preso

Imagens: Pinterest

domingo, 9 de outubro de 2011

Experiência

A experiência é uma lanterna dependurada nas costas que apenas ilumina o caminho já percorrido. (Confúcio)
Imagem preso
Imagem: Pinterest
É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer. (Aristóteles)

sábado, 8 de outubro de 2011

O valor de um filho

Tem gente que tem muitos filhos, outros um, dois no máximo, já alguns casais optam por não ter filhos…cada um com sua opção de vida. Para criar um filho o custo é alto…alimentação, escola, saúde, lazer…isso porque sempre queremos dar aos filhos mais do que tivemos…coisas de pai e mãe…Mas o valor que tem um filho na vida dos pais é imenso…
A recompensa em tê-los é muito grande…
ela é bonito ou o que?
O direito de dar nomes, os olhares de Deus todos os dias…Risadinhas debaixo das cobertas a noite.
Mais amor que o nosso coração pode suportar…
Imagem preso
Beijos jogados no ar e abraços carinhosos, Infinitas admirações por pedras, formigas, nuvens, biscoitos, cachorros, gatos…Uma mão para segurar, normalmente suja de doce ou chocolate…Um parceiro para fazer bolhas de sabão, soltar pipas…
Imagem preso
Alguém para fazer a gente rir como bobo, não importando o que o chefe tenha dito.
Imagem preso
Para eles a gente não precisa crescer nunca, só devemos ter os dedos sujos de tinta, modelar objetos, brincar de esconde-esconde…Ouvir cantigas de roda e nunca, nunca deixar de acreditar em Papai Noel!
Imagem preso
E com eles a gente vai ter sempre uma desculpa para continuar a ler as aventuras do ursinho Pooh, assistir desenhos animados e filmes infantis no cinema, fazer pedidos as estrelas…
Imagem preso
Recebemos molduras de arco iris, de corações ou flores sob imãs de geladeira, conjunto de mãos impressas em argila para o dia das Mães e cartões com letras de ponta cabeça no dia dos Pais…E ainda por cima viramos heróis para eles simplesmente por recuperar uma pipa do telhado ou de cima de uma árvore, retirar as rodinhas da bicicleta, remover uma farpa do pé, encher uma piscina de plástico, fazer bola de chiclete sem estourar, ir ao parque de diversões e voltar exasto…
Imagem preso
Temos lugar na primeira fila da “história” como testemunhas dos primeiros passos, das primeiras palavras, do primeiro sutiã, do primeiro namoro, da primeira vez atrás do volante de um carro…
Parece que ficamos imortal…ganhamos um novo braço na nossa árvore genealógica. e, se tivermos sorte, uma longa lista de braços chamados netos, bisnetos…
Imagem preso
Recebemos formação em várias áreas…Psicologia, Enfermagem, Justiça, Comunicação, Sexualidade Humana…que nenhuma faculdade pode nos dar.
Aos olhos de uma criança nos localizamos logo abaixo de Deus…
Imagem preso
Adquirimos poder para curar o choro, espantar os monstros que estão debaixo da cama, remendar um coração partido, cultivá-los sempre e amá-los sem limites.
Imagem preso
Imagens: Pinterest
Ame e curta muito seus filhos, netos, bisnetos…Eles são o melhor investimento que faremos na vida. Nada se equivale ao valor de um filho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...